Trip Update 2. Denmark

 

Depois de duas semanas em Istanbul e quase duas em Berlin, viemos parar em Copenhagen…Vim quase à força, né? :P
Berlin é tão divertido, tão cheio de coisa pra fazer e tão “cabeça aberta” que eu não queria ir embora! Adorei o fato de quase todo mundo estar envolvido em algum projeto artístico ou tentando fazer o que gosta. Senti que lá o lazer tem que ter a mesma importância que as obrigações, as pessoas não se deixam sufocar no trabalho ou só pensam em fazer dinheiro.
Também parecem respeitar a vontade um dos outros, ouvi muita festa rolando a noite toda sem reclamação, todo mundo agindo super naturalmente com ruas fechadas para qualquer manifestação…Eles deixam SER. Mas também não levam desaforo pra casa, não.

O que me animou mesmo pra vir pra Copenhagen foram os amigos, nem esperava nada da cidade. Com certeza seríamos bem recebidos, e desde que chegamos (há 10 dias) temos aproveitado férias e tido dias bem especiais! A cidade  parece cenário de conto de fada! Além das casas e prédios serem todos arrumadinhos, de tijolo e telhadinho, tem a galera com aquela cara típica de príncipe/princesa pedalando suas bikes em volta do “reino”. :P 
Tudo funciona tão perfeitamente que eu sinto que estou recebendo um curativo pro joelho que ralei nas Índias.

Ai, ai…Quão diferente pode ser o mundo, quantos contrastes existem, quantos pontos de vista e histórias?

Quando olho pra pessoas em lugares randômicos, me concentro naquelas que parecem mais diferentes de mim e tento adivinhar algo das suas vidas, seus passados, o que as trouxe pra dividir aquele momento no mesmo espaço que eu, ainda que num ônibus, numa fila, numa sala de espera…Na Índia, Turquia ou Europa. Imagino como vidas tão diferentes podem se encontrar. Tão diferentes que minha dedução/imaginação não chegam nem perto de decifrar, por serem minhas,  meu ponto de vista. 
Isso me faz gostar mais de gente. Faz sentir mais o “ser um só”, quando penso que tudo o que uma pessoa é, é resultado do que ele viveu e que no fundo, todos nós buscamos as mesmas coisas.

Resumindo…Viajar é demais.
E só precisa de vontade.

Por aqui, continua…As fotos vem aos poucos. ;)

Anúncios

Sobre ariaround

25, santista, apaixonada e viajante em todos os sentidos...agora em Goa, na Índia. Amante da escrita, de lugares novos, crenças e pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: